sexta-feira, maio 06, 2005

A escolha da distribuição Linux

Depois de terminada a acção de formação, eis a hora de escolher a distribuição Linux. CaixaMágica não é mau, mas para mim software tem que ser em Inglês. Desculpem qualquer coisita. E também sempre preferi os originais, portanto para escolher a distribuição andei a ver as distribuições base: Red Hat, SUSE, Debian, entre outras. Devo ter visto outras, mas não me lembro. Agora tinha que escolher.

O Red Hat sempre me chamou a atenção. Talvez por ter sido das primeiras distribuições sobre a qual ouvi falar. E depois toda a gente me dizia que era o standard. E como eu não me entendo com linhas de código e muitas configurações, pareceu-me bem. Mas o Fedora Core3 são 4 CD's. Muito MB para descarregar, SUSE não me chamou a atenção, não sei bem porque, e Debian pareceu-me bem, até porque é possível fazer o download fazeado. Começo agora, depois tenho que desligar e posso continuar mais logo, sem perder o que tinha descarragado até então. Devo confessar que essa foi a principal razão para ter inicialmente escolhido Debian, até porque não sabia nada de nada sobre Linux. Estava escolhido: Debian.

Mas Debian tem um problema. Pelo menos para mim: é muito à base de linhas de código. Nem o instalador tinha opção gráfica. Depois de uma tentativa meio falhada para instalar Debian, decidi que Debian é para quem já percebe alguma coisa de Linux. Não era para mim. E então voltei ao velho problema: o que escolher? Não pensei muito mais: Fedora Core 3.

Depois de alguma relutância em fazer o download, lá descarreguei Fedora. Agradou-me o facto do instalador poder ser gráfico. Tudo instalado, era tempo de começar a explorar.


2 comentários:

David disse...

E está para sair daqui a pouco o Fedora Core 4...

Anónimo disse...

Se lhe interessar, estou divulgando a comunidade Ubuntu SC, criada a pouco tempo. Estamos tentando encontrar usuários do linux, especialmente do Ubuntu.

Gentileza divulgar o link http://wiki.ubuntubrasil.org/UbuntuSC

Grato,

José Vitor Lopes